back to top
Terça-feira, Junho 25, 2024

Novidades

Notícias Relacionadas

Portal Românico da Igreja Matriz de Valença

VALENÇA – Portal Românico da Igreja Matriz – Fantástico portal da fachada principal, em arco de volta perfeita, de três arquivoltas, sobre colunelos e capitéis fitomórficos, foi reformado em 1918 / 1919, em revivalismo neo-românico, mas, possivelmente, reconstruído segundo o modelo românico.
A Igreja matriz de Valença, também conhecida como Igreja de Santa Maria dos Anjos, em estilo Românico, foi construída no século XIII, com planta rectangular composta por nave e capela-mor, mais baixa e estreita, interiormente com tectos de madeira e iluminada pelos vãos laterais e axial, tendo adossada capela lateral quinhentista e no lado oposto, torre sineira do séc. XVII/XVIII, uma outra capela lateral e sacristia.
Construída em românico tardio, conserva, nas fachadas laterais, silhares siglados, o remate em cornija sobre cachorros de diferentes tipos (zoomórficos e antropomórficos), possuindo entre eles decoração com temas florais e geométricos populares, comparáveis aos da Igreja de Orada, em Melgaço, algumas frestas e antigos vãos em arco de volta perfeita, ainda que remodelados talvez nas obras de 1918 / 1919, tendo interiormente arco tribolabo revivalista na lateral direita.
O aparelho irregular das fachadas revela alterações posteriores, nomeadamente a abertura de janelas com molduras de capialço, talvez no Séc XVII, e a própria construção da capela lateral direita e sacristia, que formam um corpo único.
Destaca-se a capela quinhentista das Carlas, em românico tardio, com memória construtiva inscrita numa das fachadas, que terminam em cornija sobre cachorros antropomórficos e zoomórficos.
No seu interior, realçam-se as pinturas murais, do séc. XVI, com representação de um tríptico, tendo ao centro a figuração de um Calvário, surgindo inferiormente Nicodemos e José de Arimateia, e, lateralmente, São Gregório e uma outra figura.
No interior, cujo coro-alto foi desmembrado, possui baptistério, no lado do Evangelho, púlpito de talha, no lado da Epístola, com guarda plena, rococó, com ornamentos volutados e concheados nos ângulos pouco comuns, retábulos laterais neoclássicos conservando apontamentos tardo-barrocos no remate, o do lado do Evangelho reaproveitando painel pintado alusivo às Almas pertencente a antigo retábulo, já referido nas Memórias Paroquiais de 1758, e retábulos colaterais tardo-barrocos, de corpo reto e um eixo, postos de ângulo.
O acesso à capela das Carlas e à confrontante foi rasgado nos muros, que, para isso, foi reforçado por meios arcos; o retábulo da capela lateral da Epístola é neoclássico. O retábulo-mor é neoclássico, de corpo reto e três eixos, com corpo côncavo, o que não é comum nos retábulos neoclássicos.
Informações obtidas no site “SIPA – Sistema de Informação para o Património Arquitectónico da Direção-Geral do Património Cultural”
(42° 1’57.63″N 08°38’44.12″W) Largo de Santa Maria dos Anjos- Valença – Viana do Castelo – Portugal
“É melhor sofrer o pior agora do que viver no eterno medo dele.“ – Júlio César
VALENÇA – Portal Românico da Igreja Matriz

 

Popular Articles